Noite Branca de Braga: Entre o branco, a música e a arte voltarão

A edição da Noite Branca de Braga ocupa a cidade no próximo fim-de-semana. A organização promete trazer “48 horas de propostas culturais imperdíveis”.

Foto: Câmara Municipal de Braga

Foto: Câmara Municipal de Braga

São avós, pais e filhos que saem no início de setembro às ruas do centro de Braga vestidos de branco. Já é quase tradição. E às vestes junta-se a música e a arte. Da Avenida Central à Praça do Município, os nomes de artistas nacionais não vão faltar. À cidade minhota chegam, no próximo fim-de-semana, Carminho, Miguel Araújo, Jorge Palma & Sérgio Godinho, HMB, The Gift, Linda Martini, entre outros.

A edição deste ano conta com dois palcos: o palco principal, localizado na Praça do Município, e o palco gnration, na Avenida Central. Na sexta-feira, Carminho faz as honras da casa e introduz os concertos na festa, pelas 21h30. Às 23h00, o palco fica a cargo de Miguel Araújo. O palco gnration abre às 00h00 com Boogarins e prossegue com a música eletrónica do bracarense Midnight.

No sábado, é a vez de ouvir, no palco principal, os HMB, às 21h00, seguindo-se a dupla Jorge Palma & Sérgio Godinho, (22h30). The Gift, a banda que comemorou, em 2015, 20 anos de carreira, toca às 00h30. O palco gnration não fica atrás e convidou os lisboetas Linda Martini, bem como Branko e Matias Aguayo. Para lá da música, o BUM (Braga Urban Market) instala-se na Avenida da Liberdade, no mesmo dia, das 10h00 às 18h00.

A estes dias de festa também aderiram outros espaços, que permitem trazer instalações e performances artísticas ao fim de semana branco. Entre eles, encontram-se o Theatro Circo, o Mosteiro de Tibães, o Museu Pio XII, o Museu Nogueira da Silva e o Museu D. Diogo de Sousa, que podem ser visitados gratuitamente e promovem, sobretudo, atividades para a família e atividades infantis. Este tipo de programação ocupa o domingo de festa, onde os concertos quase que desaparecem e a arte está mais presente. Entre as anteriores manifestações artísticas, as ruas de Braga vão ser ocupadas também por espetáculos de animação itinerante.